- PUBLICIDADE -

Conselho do MP veta indicação do procurador Ailton Benedito

Conselho do MP veta indicação do procurador Ailton Benedito
- PUBLICIDADE -

“O mais importante é que a verdade se mostra nua e crua, doa a quem doer, como uma trave nos olhos”, afirmou Benedito.

O Conselho Superior do Ministério Público Federal rejeitou, nesta terça-feira (6), a indicação do procurador Ailton Benedito para compor a Comissão Sobre Mortos e Desaparecidos Políticos.

Bastante atuante na defesa da liberdade de expressão no ambiente digital, Benedito havia sido indicado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro para compor o colegiado.

Embora a nomeação seja do chefe do Executivo, o nome do procurador precisava ser aprovado pelo Conselho, o que não aconteceu.

Na sessão desta terça, segundo o site G1, os conselheiros rejeitaram a indicação por 6 a 4 sob o argumento de que não cabe ao Executivo escolher o membro do MPF que integrará a comissão.

Em mensagem publicada na rede social Twitter, Benedito escreveu:

“Independentemente da decisão do CSMPF sobre a minha designação para o integrar a Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, o mais importante é que a verdade se mostra nua e crua, doa a quem doer, como uma trave nos olhos.”

E, citando um versículo bíblico, completou:

“São João 8:32 Conhecereis a verdade e a verdade vos livrará.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -