Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Conselho pune Dallagnol por tuítes contra Calheiros

Conselho pune Deltan com pena de censura por tuítes sobre Renan Calheiros em 2019.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Dallagnol classifica decisões recentes do STF como 'revanchismo'
COMPARTILHE

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) decidiu, nesta terça-feira (8), punir o procurador Deltan Dallagnol por tuítes de 2019 sobre a eleição para a presidência do Senado Federal

Dallagnol foi condenado à pena de censura, que na prática impede sua promoção pelo período de um ano. O placar foi de 9 a 1 contra o procurador, que deixou a operação “Lava Jato” recentemente.

O processo foi movido pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), que acusa Deltan de supostamente influenciar as eleições para a presidência do Senado no ano passado.

Na ocasião, o procurador fez críticas a Calheiros, que disputava o cargo, nas redes sociais. A disputa foi vencida pelo senador Davi Alcolumbre (DEM-AP). 

O relator do caso, conselheiro Otávio Luiz Rodrigues Junior, aplicou a pena com base na interferência de Deltan na eleição para a presidência do Senado, na mobilização da opinião pública contra determinado postulante ao cargo e dos efeitos à imagem do MPF, destaca o jornal Gazeta do Povo.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.