Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Conservador Dinesh D’Souza agradece a Trump por perdão

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Este artigo é uma tradução do texto escrito pelo comentarista político conservador Dinesh D’Souza no site da Fox News.

Na quarta-feira, eu estava trabalhando no meu escritório quando o telefone tocou e a operadora anunciou: “Por favor, aguarde o presidente dos Estados Unidos”. Eu resisti ao impulso de fazer uma piada: “Estou no meio de alguma coisa. Você pode avisá-lo que eu vou ligar para ele de volta?

O Presidente Trump veio e me disse que estava sentado no Salão Oval com o Chefe de Gabinete da Casa Branca, John Kelly.

“Você conhece John, não é?”, Disse o presidente. Eu timidamente disse que não, mas é claro que eu sabia quem ele era. O presidente Trump disse que eu era uma ótima voz para a liberdade e para a América. Então ele acrescentou: “Dinesh, eu tenho que te dizer, homem a homem, que você foi ferrado.”

O Presidente Trump disse que eu fiz algo que normalmente receberia um tapinha no pulso e uma multa, mas em vez disso o governo anterior foi atrás de mim com toda a força de seus poderes.

O presidente Trump classificou meu caso como uma injustiça que ele estava em posição de corrigir. E então vieram as palavras que eu tive que repetir para mim mesmo para entender completamente o seu significado. “Eu decidi te dar um perdão completo.”

O presidente disse que isso limparia meu registro “e agora você pode ser um campeão da liberdade ainda mais do que antes”.

Eu pude fazer pouco mais do que murmurar meu grato espanto.

Mais tarde, o presidente disse à mídia que achava que eu estava tendo um ataque cardíaco. Na verdade, eu estava apenas com a língua presa de alegria. E a conversa terminou com o presidente Trump dizendo que ele faria sua decisão pública na manhã seguinte, não com um comunicado de imprensa, mas com um tweet.

Para mim, o perdão foi a estimulante conclusão de uma provação de cinco anos.

 

Matéria traduzida e adaptada de Fox News
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram