Contas da usina de Itaipu vão passar por auditoria externa

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Este controle auxiliaria Brasil e Paraguai na fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial de Itaipu.

Brasil e Paraguai vão submeter as contas da usina de Itaipu à auditoria externa. O objetivo é apresentar uma maior transparência sobre a contabilidade da empresa binacional.

A decisão foi oficializada em ata assinada em 22 de agosto, e divulgada nesta quarta-feira (28) pelos ministérios das Relações Exteriores dos dois países.

Os detalhes sobre como será feita a auditoria, que poderá contar com a participação de auditores de outros países, serão acertados, a partir de agora, por meio de “notas reversais”, termo diplomático que significa notas trocadas entre os Estados, informa a agência EBC.

A ata assinala que, “com a intenção de avançar no processo de aperfeiçoamento e de transparência na gestão, a Diretoria Executiva da Itaipu acredita ser relevante contar também com um mecanismo de fiscalização externo”.

Em nota, os ministérios informam que, na ata assinada “os dois diretores gerais da Itaipu, o general Joaquim Silva e Luna (brasileiro) e Ernst Bergen (paraguaio), expressaram sua concordância às chancelarias dos dois países para que a empresa seja fiscalizada por controle externo”.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.