Coreia do Norte aceita negociar desnuclearização com EUA

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Seul informou que a Coreia do Norte aceitou se desnuclearizar se tiver garantia de segurança e informou sobre disposição de Kim Jong-un para dialogar com Estados Unidos e normalizar laços diplomáticos.

Governo da Coreia do Sul informou nesta terça-feira (06) que a Coreia do Norte aceitaria se desnuclearizar caso tenha garantias de que o regime permanecerá em segurança.

A informação foi concedida pelo chefe da delegação do Sul que viajou a Pyongyang para uma reunião com o líder do Norte, Kim Jong-un. Os dois países vão realizar sua primeira cúpula em mais de um década no fim de abril, anunciou o gabinete presidente sul-coreano. As Coreias também concordaram em estabelecer uma linha telefônica entre os líderes do Sul e do Norte, que indicou que vai suspender testes nucleares e de mísseis durante o diálogo intercoreano.

A Coreia do Norte disse que não há necessidade de manter seu programa nuclear contanto que não haja ameaça militar contra o país e sua segurança esteja garantida, indicou o chefe da delegação do Sul, Chung Eui-yong, já de volta a Seul. A Coreia do Norte também disse estar disposta a dialogar com os Estados Unidos sobre a desnuclearização e a normalização dos laços diplomáticos.

A delegação sul-coreana que se sentou à mesa com o ditador norte-coreano, Kim Jong-un, e debateu formas de alcançar a distensão na península retornou à Coreia do Sul nesta terça-feira. Já na quarta-feira, os enviados viajam a Washington para relatar as discussões em Pyongyang e pressionar por um diálogo entre os vizinhos e os americanos.

Fotos divulgadas pela KCNA mostram os cumprimentos de Kim Jong-un com o chefe da delegação sul-coreana, Chung Eui-yong. O delegado afirmou que o regime de Pyongyang destacou que não precisaria manter seu arsenal nuclear se as ameaças militares contra o país fossem resolvidas e a nação tivesse uma garantia de segurança.

Com informações de: [OGlobo]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.