PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

CoronaVac ‘não é adequada’, diz premiê da Itália

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Draghi disse que o imunizante chinês "não é adequado" para combater a pandemia.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, demonstrou desconfiança, nesta sexta-feira (25), com a vacina CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório Sinovac, da China, contra a Covid-19.

Draghi disse que o imunizante chinês “não é adequado” para combater a pandemia do novo coronavírus.

A declaração foi dada durante uma coletiva de imprensa em Bruxelas, na Bélgica, após uma reunião de dois dias entre os líderes dos 27 Estados-membros da União Europeia.

Na ocasião, Draghi também comentou de forma negativa sobre a vacina Sputnik, da Rússia:

“Discutimos sobre os vários tipos de vacinas, e a constatação foi que a vacina russa Sputnik ainda não conseguiu e talvez jamais conseguirá a aprovação da EMA [Agência Europeia de Medicamentos].”

Draghi completou:

“E a vacina chinesa, que nunca fez o pedido e que, em todo caso, a EMA nunca aprovou, mostra que não é adequada, vendo a experiência no Chile, para enfrentar a epidemia.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.