Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Coronavírus: Produção de máscaras segue em ritmo frenético

OMS declara surto de coronavirus como emergência internacional
Imagem: Reprodução/Twitter
COMPARTILHE

O ritmo frenético de produção de máscaras é uma consequência inesperada da epidemia letal de coronavírus.

A companhia Kolmi Hopen, da França, fabrica um produto que, em meio à epidemia de coronavírus, se tornou um dos mais procurados no mundo todo: a máscara facial médica.

A fábrica, que está localizada em Angers, produz 170 milhões de máscaras ao ano, mas este mês, em apenas uma semana, as encomendas chegaram à cifra impressionante de 500 milhões, destaca o jornal Estadão

O ritmo frenético de produção obrigou a Kolmi Hapen a contratar mais trabalhadores para manter as máquinas funcionando 24 horas por dia, sete dias por semana.

A epidemia de coronavírus provocou uma corrida a este tipo de proteção. Para frear o contágio do vírus, o regime comunista da China ordenou aos cidadãos que sempre usem máscaras ao sair. 

Entretanto, à medida que o coronavírus se espalha, permanece o temor de que os estoques de máscaras e de outros produtos de proteção diminuam em outros países.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários