Português   English   Español

Correa investigado por crime organizado no caso Odebrecht

correa

Ministério Público abre processo contra o ex-presidente do Equador e altos funcionários de seu Governo.

Uma nova vertente na investigação do caso Odebrecht no Equador lança sombras sobre o ex-presidente Rafael Correa e sua imagem, já deteriorada após irregularidades detectadas há 16 meses, durante seu Governo, e ataques do novo presidente à gestão herdada.

Desta vez, o gabinete do Procurador Geral se voltou para ele e colaboradores que ocuparam altos cargos, bem como órgãos de controladoria durante os 10 anos do correísmo.

O ex-presidente, seu vice-presidente Jorge Glas, seu secretário de Assuntos jurídicos, Alexis Mera, e seu ex-ministro do Interior José Serrano estão sendo formalmente investigados por crime organizado.

 

Adaptado da fonte EL PAÍS

Deixe seu comentário

Veja também...