Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Corregedoria isenta PMs envolvidos no caso Paraisópolis

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Áudios confirmam versão da PM sobre baile funk em Paraisópolis
Imagem: Nelson Almeida/AFP

Corregedoria considerou operação lícita e pediu o arquivamento do caso. Testemunhas contestam versão.

Além de pedir o arquivamento do caso, a corregedoria da Polícia Militar de São Paulo isentou os 31 policiais que participaram de uma ação que resultou na morte de 9 pessoas em um baile funk na favela de Paraisópolis.

O caso aconteceu na zona sul de São Paulo, em dezembro do ano passado, e recebeu uma intensa atenção dos veículos de imprensa.

O documento da conclusão do inquérito, que foi divulgado nesta sexta-feira (7), afirma que o grupo não praticou nenhuma infração militar.

No texto, o capitão Rafael Oliveira Cazella considerou a ação policial lícita e alegou que os policiais agiram em legítima defesa.

O subcomandante da PM de São Paulo, coronel Fernando Alencar Medeiros, referendou as conclusões do inquérito.

O texto agora será enviado ao Ministério Público, que decidirá sobre a necessidade de novas diligências e determinará o arquivamento ou apresentará uma denúncia, informa o site Poder360.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias