Português   English   Español

Corrupção na Argentina agora é crime imprescritível

País está abalado por vários escândalos de corrupção, o mais recente deles conhecido como ‘escândalo dos cadernos’, que atinge a ex-presidente esqurdista Cristina Kirchner.

Os crimes de corrupção na Argentina foram declarados nesta quarta-feira (29) como imprescritíveis pela Câmara de Cassação Penal, a mais alta instância judicial antes da Suprema Corte de Justiça.

A sentença, emitida pelo Centro de Informação Judicial, foi decidida em um caso dos anos 90 envolvendo executivos da multinacional IBM e ex-funcionários da Direção-Geral de Impostos pela compra de equipamentos superfaturados de US$ 120 milhões. Esse processo judicial foi declarado prescrito em 2016.

Mas a Câmara de Cassação Penal determinou agora que “a prescrição do caso não é constitucionalmente possível e o julgamento deve ser realizado com urgência”.

 

Adaptado da fonte Estadão

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter