Corte de impostos de Trump impulsiona economia dos EUA

Enquanto a economia dos Estados Unidos acelera, as da Europa e da Ásia perdem ímpeto.

O consumo está cada vez mais aquecido nos Estados Unidos. Dados divulgados nesta quinta-feira (14) indicam que as compras no varejo americano cresceram 0,8% no mês passado e 5,9% no ano até maio.

Consumidores estão animados por causa do corte de impostos e do menor desemprego em meio século (3,8%). O crescimento do PIB americano deve superar 4% nos três meses até junho.

Gastam mais com carros, roupas, material de construção, produtos de saúde e em bares, escreveu Josh Mitchell, da Dow Jones Newswires.

Essa perspectiva fortalece o dólar em todo mundo. Ontem, a moeda americana valorizou-se em relação ao euro, que teve maior queda diária (1,91%) desde o Brexit, em junho de 2016.

 

Com informações de Valor Econômico

 

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia