Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

CPI da Fake News ouve donos da empresa Yacows

CPI da Fake News ouve donos da empresa Yacows
Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress
COMPARTILHE

Os donos da empresa Yacows são acusados de fazer impulsionamento de mensagens ilegal nas eleições de 2018.

A empresa Yacows ganhou o noticiário após ser acusada em reportagem do jornal Folha de S.Paulo de estar entre as empresas que impulsionaram conteúdos contra o Partidos dos Trabalhadores (PT) durante as eleições de 2018.

Nesta quarta-feira (19), após requerimento do deputado Rui Falcão (PT-SP), a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News deve ouvir os proprietários da empresa de marketing digital, Flavia Alves e Lindolfo Antonio Alves Neto.

Os dois são ex-chefes de Hans River do Rio Nascimento, que na semana passada, na mesma comissão, denunciou métodos obscuros utilizados contra a repórter da Folha, Patrícia Campos Mello.

Em sua argumentação para convocar os donos da empresa de marketing, segundo o portal R7, Falcão afirmou:

“A Yacows é suspeita de utilizar dados fraudulentos, como nomes e CPFs sem autorização, para registrar em aplicativos de mensagens e possibilitar o disparo em massa de informações falsas em benefício de determinado candidato político.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE