CPI da Pandemia divulga nota em apoio ao presidente do STF

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

CPI da Pandemia divulgou nota “em defesa da democracia e da Constituição”.

Senadores da CPI da Pandemia divulgaram, nesta quinta-feira (5), uma nota de apoio à reação de Luiz Fux, presidente do STF, aos alertas do presidente Jair Bolsonaro sobre o sistema eletrônico de votação.

Após ser incluído no controverso inquérito das fake news, Bolsonaro também vem tecendo críticas diretas aos ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes.

No texto, os senadores se solidarizam com Barroso e Moraes, alertando que o “método” de Bolsonaro é “deslegitimar as instituições e atacar sistematicamente o Judiciário”.

Os seguintes senadores assinaram a nota:

  1. Omar Aziz
  2. Randolfe Rodrigues
  3. Renan Calheiros
  4. Otto Alencar
  5. Humberto Costa
  6. Tasso Jereissati
  7. Alessandro Vieira
  8. Rogério Carvalho
  9. Simone Tebet
  10. Eliziane Gama

Leia abaixo a íntegra da nota:

“Em defesa da democracia e da Constituição

Os integrantes da CPI da Pandemia, abaixo assinados, subscrevem integralmente a decisão anunciada pelo presidente do STF, Luiz Fux, e se solidarizam com os ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes.

É inegável que o presidente da República, como método, tenta deslegitimar as instituições e ataca sistematicamente o Judiciário, expediente autoritário de lembranças funestas. A própria CPI tem sido alvo recorrente de tentativas de intimidações por parte do Executivo.

Em tempos sombrios, quando as piores pessoas perdem o medo, cabe às melhores não perderem a coragem em defender a democracia.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.