CPI da Pandemia vai ao STF contra investigação da PF

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Essas coisas não vão nos intimidar”, diz Calheiros.

A cúpula da CPI da Pandemia decidiu recorrer ao STF contra a investigação aberta pela PF para apurar vazamentos de depoimentos do inquérito que apura denúncia de suposta prevaricação do presidente Jair Bolsonaro.

Os senadores alegam que o chefe do Executivo está fazendo uso da máquina pública para obstruir os trabalhos do colegiado. 

Eles também cobram uma resposta pública por parte de Rodrigo Pacheco, presidente do Senado Federal.

Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI, chegou a comparar o ministro da Justiça, Anderson Torres, a Franz Gürtner, ministro da Justiça de Adolf Hitler.

Essas coisas não vão nos intimidar, não adianta. Vamos investigar haja o que houver”, declarou o relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL).

Dias atrás, Calheiros e outro senador do PT, utilizaram da máquina pública para intimidar veículos de imprensa do Brasil, entre eles o portal RenovaMídia.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.