- PUBLICIDADE -

CPI das Fake News convoca assessores de Bolsonaro

CPI das Fake News convoca assessores de Bolsonaro
- PUBLICIDADE -

Aliados do governo Bolsonaro encaram a CPI como uma espécie de terceiro turno implementado pela oposição.

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News aprovou, nesta terça-feira (23), a convocação dos nomes que devem se apresentar para prestar esclarecimentos.

Segundo informações da Agência Câmara, entre os nomes convidados estão:

  • Fábio Wajngarten, secretário especial de Comunicação Social da Presidência;
  • Felipe Martins, assessor especial da Presidência para assuntos internacionais;
  • Gleisi Hoffmann, deputada federal e presidente do PT;
  • Paulo Marinho, empresário e primeiro suplente do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ);
  • Luciano Hang, empresário dono da rede de lojas de departamentos Havan;
  • Josias Teófilo, cineasta que dirigiu um documentário sobre Olavo de Carvalho;
  • Bernardo Pires Kuster, youtuber e influenciador digital.

Criada no mês de julho, a CPI tem, entre outros objetivos, a finalidade de a investigar “ataques cibernéticos que atentam contra a democracia e o debate público”.

No entanto, muitos aliados do governo do presidente Jair Bolsonaro encaram a comissão como uma espécie de terceiro turno implementado pela oposição.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -