Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

CPI inclui jornal Gazeta do Povo como divulgador de fake news

CPI inclui jornal Gazeta do Povo como divulgador de fake news
COMPARTILHE

Ao lado de outros 46 sites, o jornal foi incluído em uma categoria de “canais com comportamento desinformativo”.

Consultores legislativos que elaboraram relatório para a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News classificaram o centenário jornal Gazeta do Povo, de Curitiba, como um veículo divulgador de notícias falsas.

O documento¹original, feito por assessores do Congresso Nacional e divulgado na quarta-feira (3), havia mapeado gastos de propaganda do governo na plataforma Adwords, do Google, que repassa parte da verba para veículos que participam do sistema.

Nesta quinta-feira (4), a comissão emitiu uma nota¹ na qual afirma ter incluído o nome do jornal de forma “equivocada”. A retratação se deu após manifestação do próprio jornal.

Ao lado de outros 46 sites, o jornal havia sido incluído em uma categoria de “canais com comportamento desinformativo”.

“Nos retratamos, portanto, de ter atribuído essa classificação no anexo da informação e promoveremos a sua retirada”, diz o relatório da CPMI.

A nota de correção esclarece que os estudos elaborados pela consultoria servem apenas para auxiliar os parlamentares e municiá-los com informações.

O chefe de redação, Ewandro Schenkel, afirmou² que o erro indica desconhecimento da comissão sobre a publicação:

“O relatório da CPMI das Fake News erra ao classificar a Gazeta do Povo como um site divulgador de notícias falsas. Não apenas erra como expõe a falta de conhecimento dos integrantes da CMPI sobre um dos maiores jornais do país segundo todas as ferramentas de medição de audiência.”

Schenkel acrescentou:

“A Gazeta do Povo checa notícias há mais de cem anos, muito antes da criação da ideia de agências especializadas. Logo, a apuração criteriosa dos acontecimentos está solidificada em nosso DNA.”

Referências: [1][2]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários