Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Crédito imobiliário popular do Norte e Nordeste terá juros reduzidos

Historicamente, as duas regiões têm baixos índices de contratação de financiamento habitacional.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

A medida estava proposta no programa “Casa Verde e Amarela”, que foi anunciado pelo governo Jair Bolsonaro no dia 25 de agosto.
COMPARTILHE

O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aprovou a redução de juros no crédito imobiliário popular nas regiões Norte e Nordeste

De acordo com decisão tomada na última terça-feira (8), a redução de juros será em até 0,5% para famílias com renda até R$ 2 mil mensais. 

A medida estava proposta no programa “Casa Verde e Amarela”, que foi anunciado pelo governo Jair Bolsonaro no dia 25 de agosto.

Os juros poderão chegar a 4,25% ao ano para cotistas do FGTS e, nas demais, a 4,5%, ofertando a menor taxa de juros na história num programa habitacional. 

Na reunião, o conselho também aprovou a suspensão temporária do pagamento de financiamentos por empresas do setor de habitação popular. 

O Conselho Curador do FGTS aprovou uma suspensão de 120 dias para que agentes financeiros façam os pagamentos ao fundo.

A medida, apresentada pelo Ministério de Desenvolvimento Regional, tem como objetivo diminuir os efeitos causados pelo novo coronavírus no setor.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM