Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Cresce clamor por voto aberto na eleição para presidência do Senado

Cresce clamor por voto aberto na eleição para presidência do Senado
COMPARTILHE

O advogado Modesto Carvalhosa enviou na noite de quarta-feira (12), ao Supremo Tribunal Federal (STF), 12 laudas de argumentação pedindo que a votação para escolha do próximo presidente do Senado seja aberta.

No mandado de segurança preventivo, dirigido ao presidente do Supremo, Dias Toffoli, o jurista menciona proposta do senador gaúcho Lasier Martins e cita o inciso LXIX do artigo 5.º da Constituição, que recomenda o voto aberto para tais situações.

Segundo o “Poder 360“, o senador entende que o povo precisa saber com transparência as decisões tomadas por seus representantes. Lasier afirmou:

A Constituição exige a transparência das decisões do Parlamento também para que haja a possibilidade de controle pelo povo das decisões tomadas por seus representantes. E não tem como o povo exercer o poder por meio de seus representantes, se não souber como vota cada um deles nas deliberações do Parlamento.

O gesto de Carvalhosa se deve ao fato de o atual presidente da Casa, Eunício Oliveira, ter ignorado os pedidos de Martins — ele sequer menciona o documento nas agendas da Mesa, frisou o jornal “Estadão“.

Por trás do episódio, a movimentação do senador reeleito Renan Calheiros, que tem buscado apoios para sua volta ao cargo e que quer manter a votação secreta — para evitar incômodos aos parlamentares que o indicarem.

A votação acontece na abertura do ano legislativo de 2019, no dia 1º de fevereiro .

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários