Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Cresce o número de russos nostálgicos da União Soviética

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Cresce o número de russos nostálgicos da União Soviética

Um total de 66% dos cidadãos se diz “arrependido” do colapso da URSS, o maior porcentual em uma década, segundo pesquisa.

Aumenta a nostalgia na Rússia pela União Soviética.

O número de russos que lamentam o colapso da URSS atingiu seu recorde na última década, de acordo com uma pesquisa do Centro Levada.

No total, 66% dos cidadãos russos se declaram “arrependidos” da sua dissolução. No ano passado, a mesma pesquisa apontou que 58% sentiam de alguma forma saudade da URSS. Por muitos anos o número não ultrapassou 60%.

Sociólogos e analistas apontam que a reforma do sistema de aposentadorias – que eleva a idade de se aposentar – e o medo da instabilidade econômica estão por trás do aumento dos que sentem nostalgia de um sistema que desmoronou há 27 anos, registra o “EL PAÍS“.

O Kremlin tentou minimizar a importância da pesquisa do Centro Levada – que há meses o Governo declarou ser um ‘agente estrangeiro’– e das análises dos seus dados.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email