Português   English   Español

Cresce popularidade da reforma tributária nos EUA

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Os cidadãos dos Estados Unidos estão formando uma opinião cada vez mais positiva sobre a reforma tributária sancionada pelo presidente Donald Trump ao perceberem que vão realmente economizar dinheiro no final do mês.


A opinião dos americanos está dividida uniformemente sobre a reforma tributária, com 44% dizendo que aprovam e 44% dizendo que desaprovam, de acordo com a última pesquisa da Universidade de Monmouth. Em dezembro, apenas 25% aprovaram e 47% desaprovaram.

A melhoria não é surpreendente, visto que o resultado da pesquisa de dezembro foi influenciado pelo mito criado pela grande mídia de que a reforma tributária aumentaria os impostos de muitos americanos, apresentando redução apenas para ricos e empresários.

Depois que a cortina de fumaça dissipou, a maioria dos americanos está percebendo que realmente vai pagar menos impostos. Inclusive, além do alívio tributário, muitos trabalhadores privados também receberam gratificações e aumentos salariais.

Em dezembro, metade do público (50%) dizia que a reforma tributária aumentaria seus impostos. Apenas 14% acreditavam que haveria uma redução nos impostos. Outros 25% acreditavam que não veriam nenhuma mudança.

Esta pesquisa recente mostra que o número de americanos esperando impostos maiores caiu para 36%. O número que espera um corte de impostos aumentou para 24%. A quantidade de cidadãos que não esperam mudanças também cresceu para 32%.

 

Com informações de: [Breitbart]

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...