Cresce uso de canabidiol como tratamento alternativo contra ansiedade

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Os usuários alegam que a substância, encontrada até mesmo em sorvetes e cremes faciais, combate também diversos outros males.

Com seus defensores alegando que o canabidiol (CBD) serve como tratamento para inflamação, dor, acne, ansiedade, insônia, depressão, estresse pós-traumático e até câncer, é fácil se perguntar se esse primo da maconha, natural, não psicotrópico e amplamente disponível, não representaria uma cura para o próprio século 21.

“No momento, o CBD (substância química encontrada na planta da cannabis) é o equivalente químico do Bitcoin em 2016″, disse Jason DeLand, executivo de publicidade de Nova York e membro do conselho da Dosist, empresa de maconha da Califórnia que produz vaporizadores descartáveis para o consumo de CBD.

Diferentemente de seu primo mais famoso, o THC (tetrahidrocannabinol), o CBD não deixa o usuário chapado. Os consumidores falam numa sensação de bem-estar “corporal”, diferente da alteração da consciência.

Adaptado da fonte Estadão

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.