Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Criança símbolo da fome no Iêmen morre perto de hospital

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Criança símbolo da fome no Iêmen morre perto de hospital

Amal Hussain vomitava regularmente e sofria de diarreia; mesmo doente, foi liberada pelos médicos e voltou para casa, pois família não tinha dinheiro para enviá-la a um hospital do Médicos Sem Fronteiras, localizado a cerca de 24 km de onde estava.

O olhar assombrado de Amal Hussain, uma garota de 7 anos cuja imagem deitada em uma cama de hospital no norte do Iêmen se tornou o símbolo da fome no país, parecia resumir as terríveis circunstâncias de seu Estado devastado pela guerra.

A imagem dela publicada no jornal americano The New York Times na semana passada desencadeou diversas ações dos leitores, que se diziam emocionados e chegaram a oferecer dinheiro para a família da criança. Muitos enviaram perguntas à publicação pois queriam saber se ela estava melhorando.

Nesta quinta-feira, 1.º, no entanto, a família de Amal informou que ela morreu em um precário campo de refugiados localizado a pouco mais de 6 km de um hospital.

“Meu coração está despedaçado”, disse a mãe da menina, Mariam Ali, que chorou durante a entrevista por telefone ao jornal Washington Post. “Amal estava sempre sorrindo. Agora, estou preocupada com meu outro filho.”

 

Adaptado da fonte Estadão

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email