Crianças da Nova Zelândia encontram fóssil de pinguim gigante extinto

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Fóssil da nova espécie de pinguim gigante viveu no Oligoceno.

Um grupo de crianças encontrou um fóssil de pinguim gigante durante uma expedição escolar em Waikato, na Nova Zelândia

A descoberta aconteceu em 2006.

Agora, o animal foi identificado como pertencendo a uma nova espécie: Kairuku waewaeroa.

O achado está descrito em um artigo publicado, na última quinta-feira (16), no periódico científico Journal of Vertebrate Paleontology.

A ossada está sob a responsabilidade do Museu de Waikato, na cidade de Hamilton, desde 2017. 

Especialistas neozelandeses da Universidade de Massey e profissionais do Bruce Museum, nos Estados Unidos, analisaram os ossos, comparando-os com fósseis digitalizados em 3D de outras regiões do mundo. 

Por fim, eles reconstituíram o remanescente de pinguim em uma réplica tridimensional. 

Ilustração da espécie de pinguim gigante Kairuku waewaeroa | Foto: Simone Giovanardi et.al

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.