Crianças morrendo de fome na ditadura comunista da Venezuela

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A Venezuela tem as maiores reservas de petróleo comprovadas do mundo. Mas, nos últimos três anos sua economia desabou.

Durante cinco meses, o jornal americano The New York Times rastreou 21 hospitais públicos no país. Os médicos estão vendo números recorde de crianças com desnutrição grave. Centenas já morreram.

Nicolás Maduro tenta encobrir a extensão da crise, censurando quase totalmente as estatísticas da saúde e criando uma cultura na qual os médicos têm medo de registrar casos de desnutrição e óbitos que podem estar associados com a escassez de alimentos.

De acordo com frase marcante no início da matéria:

A fome domina a nação há anos. Agora, ela está matando crianças.

A frase é válida até um certo ponto. Crianças já morrem de fome na ditadura comunista há muito tempo. Para se ter uma ideia, apenas em 2017, os cidadãos do país perderam uma média de 14 quilos.

A situação é tão complicada que até a seleção de futebol feminino da Venezuela está sofrendo com a desnutrição.

 

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...