Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Criminosos aplicam toque de recolher em alguns locais do Ceará

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Criminosos aplicam toque de recolher em alguns locais do Ceará

No nono dia seguido de ataques no Ceará, o clima em Fortaleza continua sendo de medo e preocupação. Até toque de recolher chegou a ser imposto por criminosos em bairros da capital.

Até esta quinta-feira (10), foram registrados, oficialmente, 180 ataques criminosos no Ceará. Apesar da redução do número de atentados nos últimos dias, a população teme que as ocorrências continuem.

No fim da noite, criminosos detonaram uma bomba no viaduto de Messejana, na zona sudeste de Fortaleza. A explosão provocou uma pequena cratera no chão e a pista foi interditada pela polícia.

Moradores de bairros mais afastados do centro da capital cearense relataram, sob a condição de anonimato ao “Estadão“, que bandidos ligados à facções do crime organizado continuam impondo toque de recolher dentro dos bairros.

Os criminosos têm chegado até a queimar lâmpadas dos postes de iluminação pública para impedir a visibilidade no momento dos ataques, que têm acontecido na madrugada.

Além da Guardiões do Estado (GDE), famosa facção criminosa criada no Ceará, o Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho (CV) também atuam nos presídios cearenses e têm sido responsáveis pelos ataques.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email