Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Crise elétrica em Roraima custará quase R$ 2 bi aos brasileiros

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Crise elétrica em Roraima custará quase R$ 2 bi aos brasileiros

Roraima não está interligada à rede elétrica nacional, dependendo de contrato com a Venezuela para abastecimento completo.

Desde o dia 7 de março, quando aconteceu o primeiro apagão generalizado na Venezuela, a ditadura de Nicolás Maduro vem descumprindo o contrato de fornecimento de energia com o Brasil.

Para manter o abastecimento de Roraima, usinas térmicas a diesel estão em operação, segundo a RENOVA.

O ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque, confirmou que os gastos da geração de energia térmica serão repassados ao longo do ano aos consumidores.

A crise energética em Roraima vai custar aos brasileiros R$ 1,9 bilhão.

“Os consumidores terão que pagar ao longo do ano porque estamos gerando 210 megawatts em térmicas a óleo diesel”, detalhou o ministro, nesta terça-feira (26), segundo o Metrópoles.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email