‘Crise migratória provocou colapso da lei e da ordem na Alemanha’, dizem políticos

A polícia da Alemanha realizou uma operação em um abrigo de imigrantes nesta quinta-feira (03) onde três dias atrás 150 postulantes a asilo confrontaram policiais e impediram a deportação de um jovem de 23 anos de Togo.

O confronto foi descrito pela polícia como “extremamente agressivo e violento”.

A situação levou alguns políticos direitistas a dizerem que a chegada de mais de 1,6 milhão de imigrantes desde 2014 provocou um colapso da lei e da ordem no país.

De acordo com informações da Reuters Brasil:

As autoridades ainda estão lidando com um acúmulo de decisões sobre concessão de asilo, a integração dos imigrantes ao mercado de trabalho é um grande desafio e o governo está debatendo regras para a recepção de familiares de imigrantes.

Na noite de segunda-feira a polícia de Ellwangen, cidade do sul alemão, libertou o homem que queria deportar, identificado pela mídia como Yussif O., dizendo querer evitar uma escalada.

Durante os embates, postulantes a asilo golpearam viaturas policiais com os punhos e danificaram uma delas. As autoridades iniciaram investigações sobre perturbação da paz e outros possíveis delitos, mas não deram maiores detalhes.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia