Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Crise na fronteira pode afetar economia de Roraima

Governador de Roraima diz que crise na fronteira pode afetar economia
COMPARTILHE

O governador Antonio Denarium (PSL) demonstrou preocupação com as exportações e a safra agrícola de Roraima caso o fechamento da fronteira com a Venezuela permaneça por tempo indeterminado.

Antonio Denarium lembrou que Roraima é importadora de calcário e fertilizante da Venezuela. Caso a fronteira permaneça fechada, o abastecimento será afetado, o que pode atrapalhar o próximo plantio, que se inicia nos meses de maio e junho.

Em conversa com jornalistas, nesta quinta-feira (22), o governador observou que Roraima é um exportador de alimentos para o país venezuelano:

“Isso também pode comprometer o faturamento das empresas de Roraima, e até provocar o fechamento de algumas empresas. Estamos torcendo para que a Venezuela e o Brasil encontrem um caminho harmônico.”

O fornecimento de combustível e energia também deixa as autoridades apreensivas.

O governador do PSL também destacou que Roraima é o único Estado do Brasil que não está interligado ao sistema nacional de energia elétrica.

“Nós temos 50% da energia vindo da Venezuela, outros 50% por termoelétrica, por óleo diesel”, afirmou Denarium, segundo a revista Veja.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários