Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Cristã acusada de blasfêmia no Paquistão já chegou ao Canadá

Cristã acusada de blasfêmia no Paquistão já chegou ao Canadá
COMPARTILHE

O caso de Asia Bibi indignou cristãos por todo o mundo e tem sido uma fonte de divisão no Paquistão.

Asia Bibi, a cristã paquistanesa que foi condenada à morte em 2010 por blasfêmia e que foi inocentada em 2018 pelo Supremo Tribunal de Islamabad, chegou ao Canadá com o seu marido, informa o jornal Público.

Desde que foi libertada, em outubro de 2018, Asia Bibi, uma mãe de cinco filhos, vivia com a família em residências protegidas pelo Estado, devido às múltiplas ameaças de morte de grupos radicais islâmicos.

A sua libertação desencadeou motins de muçulmanos nas ruas, exigindo que Bibi fosse executada e não fosse autorizada a sair do país.

Em novembro, o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, revelou que o seu país estava em negociações com o Paquistão sobre o futuro de Bibi.

A agricultora Asia Bibi foi condenada em 2010 por fazer comentários considerados depreciativos sobre o islamismo.

Quatro dos seus vizinhos, que trabalhavam com ela nos campos, acusaram-na de ter bebido do balde usado por eles para tirar água do poço, o que não deveria fazer porque não era muçulmana.

De acordo com a lei paquistanesa, a blasfêmia pode ser punida com a pena capital – daí a sua condenação à morte.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários