Cristina Kirchner será ré em novo julgamento por corrupção

Cristina Kirchner será ré em novo julgamento por corrupção
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Kirchner, de 66 anos, que foi presidente de Argentina entre 2007 e 2015, é acusada também de ter recebido subornos em troca de concessões em obras públicas.

A ex-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, será submetida a um novo julgamento por uma suposta cobrança de subornos dos maiores empresários de obra pública do país.

A convocação de Kirchner está contida em uma decisão do juiz Claudio Bonadio publicada nesta quinta-feira (6) pelo Centro de Informação Judicial.

Os procuradores públicos e o tribunal de apelação devem agora confirmar a realização do julgamento e, eventualmente, sua data.

A líder esquerdista é senadora desde 2017 e goza, portanto, de foro parlamentar. Junto com Kirchner, também será julgado seu ex-ministro de Planejamento, Julio de Vido. No total serão 156 empresários e ex-funcionários do governo serão ouvidos pela Justiça.

Esse processo deriva do caso conhecido como “Os cadernos de corrupção”, ainda em fase de investigação, que trata de supostos subornos a empresários no valor de mais de US$ 160 milhões em pastas cheias de dinheiro, informa a agência AFP.

Compartilhe...

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...