Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Cuba dá calote em acordo crucial de dívida com países ricos

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Cuba acusa Twitter de usar censura para promover 'guerra cibernética'
COMPARTILHE

Pelos termos do acordo de reestruturação da dívida, penalidades severas devem ser adotadas contra Havana.

No ano passado, o regime comunista de Cuba atrasou pagamentos de sua dívida reestruturada com países riscos.  

O calote coloca em risco um acordo com os credores do Clube de Paris, de acordo com diplomatas com conhecimento direto da questão ouvidos pela agência Reuters.

O acordo é um passo importante para a reintegração do país latino-americano à comunidade financeira internacional.

“O acordo é extremamente benéfico para Cuba, e eles não poderem pagar diz muito sobre como estão quebrados”, disse um diplomata a par da situação, que pediu anonimato.

O acordo com 14 países acertado por meio do Clube de Paris, de nações credoras, foi assinado em momento de uma reaproximação de vida curta com os Estados Unidos.

O regime cubano não respondeu a um pedido de comentário. Uma autoridade do Clube de Paris também não quis comentar.

Cuba devia estimados US$ 80 milhões no ano passado e pagou alguns países integralmente, mas não todos, incluindo seus maiores credores, Espanha, França e Japão, ainda de acordo com diplomatas ouvidos pela Reuters.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.