Cubanas fazem greve de fome em frente à sede da ONU

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Cubanas alertam para "miséria agravada pela Covid-19".

Três mulheres cubanas iniciaram uma greve de fome em frente à sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, nos Estados Unidos.

O objetivo das manifestantes é chamar a atenção da comunidade internacional sobre a “grave” situação em seu país, “de miséria agravada pela Covid-19“.

As ativistas Anisley Pérez, Niurka Primonio e Yamisderky Pelier viajaram de Miami a Nova York e iniciaram a greve no último sábado (28).

As informações foram divulgadas pelo jornal Gazeta do Povo.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.