Cubanos aprovam Constituição socialista em referendo

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A nova Constituição ratifica o caráter “irrevogável” do socialismo como sistema social de Cuba e reconhece o Partido Comunista de Cuba (PCC) como “força política dirigente superior da sociedade e do Estado”.

Mais de 6 milhões de cubanos votaram “sim” pela nova Constituição que apoia o socialismo na ilha.

Segundo informações da Comissão Eleitoral Nacional, 84,41% dos votantes do colégio eleitoral participaram do referendo deste domingo (24).

“A Constituição foi ratificada pela maioria dos cidadãos”, disse em entrevista coletiva Alina Balseiro, presidente da Comissão, segundo o Estadão.

No referendo nacional, realizado no domingo, 95,8% das cédulas foram válidas. Do total de 7,8 milhões de eleitores, 6,8 milhões votaram no “sim” (86,85%) e 766.400 no “não” (9%).

Balseiro informou que 2,53% das cédulas depositadas nas urnas estavam em branco, e 1,62% foram anuladas por diferentes motivos.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.