Cumprimento de “profecia” leva peregrinos a Israel

Algumas pessoas religiosas acreditam que Donald Trump, por ter reconhecido Jerusalém como capital de Israel, cumpriu um tipo de profecia.

A referência vem do 45º capítulo do livro bíblico de Isaías, que conta a história de Ciro, o Grande, Rei da Pérsia.

Por conta da transferência da embaixada em Israel para Jerusalém, alguns entusiastas de Donald Trump, 45º presidente da história dos Estados Unidos, estão fazendo comparações entre o presidente e o rei persa.

Uma profecia feita por Kim Clement, que previu Trump sendo presidente dos EUA e Jerusalém virando capital de Israel em seu 70º aniversário, é a causa da peregrinação.

Alguns fiéis já consideram Trump como o “Ciro da modernidade”, como pode ser visto em vídeo publicado pelo Infowars.

Pelo menos é o Ciro bíblico, não o Gomes.

Com informações de: [Infowars]
João Guilherme
João Guilherme
Estudante e interessado em política, história e religião.