Custo das medidas propostas por Temer é de quase 10 bilhões

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Segundo o Ministro da Fazenda Eduardo Guardia, o governo tem expectativa de viabilizar, até o fim da semana, a redução no diesel de R$ 0,46 na bomba.

Em entrevista na manhã desta segunda-feira (28), o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, disse que o impacto das medidas para encerrar a greve dos caminhoneiros é de R$ 9,5 bilhões aos cofres públicos.

‘É uma medida que tem um custo alto e por isso vai impor sacrifícios e esforços na União, mas é uma medida responsável e vai permitir que o país volte a normalidade’, disse o ministro.

A paralisação dos caminhoneiros chegou ao oitavo dia nesta segunda-feira (28) e não mostra sinais de normalização.

O ministro da Fazenda acrescentou:

Primeiro lugar é importante dizer que o governo vem dialogando com o movimento desde o início da semana passada. Os caminhões estão há oito dias parados. Ainda vai levar um tempo para que a economia volte a funcionar normalmente.

Segundo o ministro, o governo tem expectativa de viabilizar, até o fim da semana, a redução de R$ 0,46 no diesel.

‘Nossa expectativa é que ao longo desta semana a gente viabilize, na prática, essa redução de R$ 0,46 na bomba’, afirmou.

 

Com informações de G1

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.