PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

CUT vai reduzir salário e jornada de trabalho de funcionários

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Sem imposto sindical obrigatório, a pindaíba na CUT só aumenta. 2020 promete ser um ano ainda mais complicado.

Enfrentando uma intensa dificuldade financeira após o fim do imposto sindical obrigatório, a Central Única dos Trabalhadores (CUT) está planejando a redução de 20% a 25% na jornada de trabalho e nos salários de seus funcionários. 

A proposta para redução do salário e da jornada de trabalho deve ser formalizada em assembleia nesta terça-feira (17), informa a coluna “Painel”, no jornal Folha de S.Paulo.

A direção da entidade informou, em nota, que pretende manter o emprego dos funcionários, mas ressaltou afirma que todo o movimento sindical atravessa crise “patrocinada pelos governos” do ex-presidente Michel Temer e o presidente da República, Jair Bolsonaro

A retirada do imposto sindical obrigatório deixou à míngua muitos sindicatos vinculados à central.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.