Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

CUT vai reduzir salário e jornada de trabalho de funcionários

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
CUT vai reduzir salário e jornada de trabalho de funcionários
Imagem: Reprodução/Twitter

Sem imposto sindical obrigatório, a pindaíba na CUT só aumenta. 2020 promete ser um ano ainda mais complicado.

Enfrentando uma intensa dificuldade financeira após o fim do imposto sindical obrigatório, a Central Única dos Trabalhadores (CUT) está planejando a redução de 20% a 25% na jornada de trabalho e nos salários de seus funcionários. 

A proposta para redução do salário e da jornada de trabalho deve ser formalizada em assembleia nesta terça-feira (17), informa a coluna “Painel”, no jornal Folha de S.Paulo.

A direção da entidade informou, em nota, que pretende manter o emprego dos funcionários, mas ressaltou afirma que todo o movimento sindical atravessa crise “patrocinada pelos governos” do ex-presidente Michel Temer e o presidente da República, Jair Bolsonaro

A retirada do imposto sindical obrigatório deixou à míngua muitos sindicatos vinculados à central.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email