Português   English   Español
Português   English   Español

Dados de políticos da Alemanha são publicados na internet

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Dados de políticos da Alemanha são publicados na internet

Dados pessoais e documentos de centenas de políticos e figuras públicas da Alemanha foram publicados na internet.

O governo da Alemanha acrescentou nesta sexta-feira (4) que nenhuma informação sensível do gabinete da chanceler Angela Merkel foi divulgada.

A agência nacional de defesa cibernética da Alemanha, BSI, se reuniu na manhã de hoje depois de receber a notícia das invasões virtuais, disse a agência “Reuters“.

De acordo com a mídia alemã, hackers publicaram dados, incluindo detalhes de cartão de crédito e números de telefones celulares, de políticos de todos os principais partidos, menos da legenda de direita Alternativa para a Alemanha (AfD).

“Dados pessoais e documentos pertencentes a centenas de políticos e figuras públicas foram publicados online”, disse a porta-voz do governo, Martina Fietz, em entrevista coletiva.

A julgar por uma revisão inicial, nenhuma informação sensível da chancelaria havia sido publicada, “e isso inclui da chanceler”, acrescentou.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Veja também_

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Nunca mais seja massa de manobra. Assine!