Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Dallagnol diz que denúncia de Moro é ‘gravíssima’

Internet brasileira sai em defesa do procurador Deltan Dallagnol
Imagem: Lucas Tavares / Agência O Globo
COMPARTILHE

“A escolha de dirigentes da PF deve ser voltada para fortalecer”, diz Dallagnol.

O procurador da República, Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da operação Lava Jato em Paraná, comentou, nesta sexta-feira (25), a saída de Sergio Moro do governo Jair Bolsonaro.

Em mensagens no Twitter, Dallagnol declarou:

“É gravíssima a denúncia de tentativa de escolha pelo presidente da República de dirigentes da polícia para interferir em investigações e ter acesso a informações sigilosas. O combate à corrupção exige investigações técnicas, que possam ser conduzidas sem pressões externas.”

E prosseguiu:

“A escolha de dirigentes da PF deve ser voltada para fortalecer o combate à corrupção, ao crime organizado e a outros crimes. A seleção guiada por interesses pessoais e político-partidários coloca em risco o combate à corrupção no Brasil.”

O procurador Dallagnol completou:

“A denúncia pública feita hoje pelo ministro da Justiça reflete – em minha visão – a seriedade com que conduziu seus trabalhos e seu compromisso com a sociedade e o interesse público.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE