- PUBLICIDADE -

Dallagnol recebe indenização por ofensas feitas por Gilmar

Lava Jato tenta impedir Gilmar de soltar Paulo Preto

Gilmar chamou membros da Lava Jato de “cretinos, gentalha, desqualificados”, de acordo com decisão.

- PUBLICIDADE -

O juiz Flavio Antonio da Cruz, da 11ª Vara Federal de Curitiba, condenou, nesta segunda-feira (10), a União a pagar uma indenização de R$ 59 mil ao procurador da República, Deltan Dallagnol.

Dallagnol será indenizado por críticas à operação “Lava Jato” feitas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes

De acordo com a decisão, Dallagnol teria sido “alvo de frequentes agressões proferidas por Gilmar, que incluiriam insinuações, acusações e ofensas de distintos naipes e calibres, em sessões de julgamento ou em entrevistas concedidas à imprensa”. 

Em um dos exemplos, o ministro teria sustentado que a Lava Jato “configuraria verdadeira organização criminosa, e que os procuradores da República nela atuantes seriam gente baixa e desqualificada”, destaca a rádio Jovem Pan

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -