Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Damares Alves denuncia revista abortista por ‘apologia ao crime’

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Damares Alves denuncia revista abortista por 'apologia ao crime'
COMPARTILHE

“Liberdade de expressão é uma coisa. Isso aí é apologia ao crime e pode matar meninas e mulheres”, afirmou Damares.

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, confirmou, nesta quinta-feira (19), que encaminhou denuncia às “autoridades competentes” após revista feminista publicar reportagem com o passo a passo para mulheres abortarem seus bebês.

“Como é feito um aborto seguro?” é o título da manchete de uma matéria publicada no site da revista AzMina, na tarde de quarta-feira (18). No texto, a jornalista Helena Bertho apresenta o “protocolo recomendado pela OMS para o aborto com Misoprostol”.

Como noticiou a RENOVA, a matéria foi alvo de críticas intensas no Twitter, com muitos usuários alertando a Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF).

Em postagem na mesma rede social, Damares classificou o texto como uma “apologia ao crime e que pode colocar tantas meninas e mulheres em risco”.

“Já encaminhei a denúncia às autoridades competentes. Esperamos uma resposta rápida. Liberdade de expressão é uma coisa. Isso aí é apologia ao crime e pode matar meninas e mulheres”, acrescentou a ministra.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram