- PUBLICIDADE -

Damares defende execução do Hino Nacional nas escolas

Damares defende execução do Hino Nacional nas escolas
- PUBLICIDADE -

Em Genebra, a ministra Damares explica que a recomendação do MEC é o começo de uma “agenda de ética e cidadania”.

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, está em Genebra, na Suíça, participando de seu primeiro compromisso internacional como integrante do governo.

Nesta terça-feira (26), ao ser questionada por colunista da UOL, a ministra explicou que, de fato, a orientação para a execução do hino nacional faz parte de uma “agenda de promoção da ética e da cidadania, a ser adotada por escolas em sala de aula”.

Damares elucidou:

“O Ministério da Educação está trabalhando nessa direção, das questões éticas e de cidadania. É mais ou menos o resgate das antigas matérias de educação moral e cívica. E ele começa já.”

E, lembrando que o governo está apenas aplicando uma lei existente, acrescentou:

“O governo Bolsonaro é um governo da legalidade. É um governo do cumprimento de leis e temos uma lei de 2009 que obriga a execução do hino nacional. Então, o norte desse governo é a Constituição e é a lei. Então, o nosso ministro está simplesmente cumprindo lei.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -