- PUBLICIDADE -

Damares diz estar sendo alvo de uma campanha de difamação

Damares diz estar sendo alvo de uma campanha de difamação

- PUBLICIDADE -

“Estou mexendo em certas caixinhas no Ministério. E isso faz surgir inimigos”, disse a ministra Damares.

A ministra de Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, disse estar sendo vítima de uma ação que tenta desmoralizar sua atuação por interesses políticos.

“Querem me atacar não por minha condição religiosa, mas por questões ideológicas”, disse ela, em conversa por telefone com a revista “ISTOÉ“.

Segundo a ministra, as mudanças que ela pretende implementar no caso das indenizações de pessoas que alegam ter sofrido perseguição e prejuízos na ditadura militar são as principais responsáveis pela campanha para assassinar sua reputação.

“Estou mexendo em certas caixinhas aqui no Ministério. E isso evidentemente faz com que surjam inimigos”, comenta.

No caso da reportagem da revista “Época” sobre a história da sua filha adotiva Kayutiti Lulu Kamayurá, Damares também contestou a versão que foi dada pela avó da moça, que hoje tem vinte anos.

Conforme noticiou a RENOVA, Lulu Kamayurá confirmou que deixou a aldeia, com autorização de seus parentes, para fazer tratamento dentário e que sua futura mãe adotiva ficou apaixonada.

“Foi amor à primeira vista. Ela se apaixonou por mim, e depois eu por ela”, disse Lulu, que está atualmente em Santa Catarina, trabalhando numa ação missionária.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -