Português   English   Español

Damares promete pente-fino em ONGs atuando na Funai

Damares promete pente-fino em ONGs atuando na Funai
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, disse nesta quinta-feira (21) que irá rever a atuação de ONGs que atuam com a Fundação Nacional do Índio (Funai).

A declaração foi feita durante sessão na Comissão de Direitos Humanos do Senado. De acordo com Damares Alves, há corrupção na Funai e na Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai).

Aos parlamentares presentes na sessão, a ministra do governo Jair Bolsonaro afirmou:

“A corrupção de fato existe, não só na Sesai como também na Funai. Nós estamos fazendo uma força-tarefa, estamos auditando todos os contratos da Funai, e o ministro da Saúde também está na mesma direção, auditando todos os contratos da Sesai. E aí, senadores e deputados, eu me surpreendo com cada caixinha que eu abro naquela Funai.”

Em conversa com jornalistas após o evento no Senado, a ministra Damares falou sobre a atuação das organizações não-governamentais:

“Nós vamos rever todos os contratos com ONGs que estão na Funai. E nós vamos ver o que é sério e o que não é sério. Se tiver alguma ONG cometendo alguma irregularidade sairá da Funai. Mas isso não é só na Funai. É uma tendência do governo Bolsonaro rever o contrato com todas as ONGs no Brasil.”

Segundo o jornal Estadão, Damares explicou que o pente-fino na Funai está apenas começando:

“São muitos contratos, estamos lendo os processos, fazendo uma avaliação, uma auditoria profunda em todos os contratos de ONGs na Funai e também no próprio ministério.”

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...