Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Dança das cadeiras no Senado Federal

Dança das cadeiras no Senado Federal
COMPARTILHE

12 senadores já trocaram de partido desde outubro do ano passado, promovendo uma intensa dança das cadeiras no Congresso.

O troca-troca partidário mudou a dinâmica de forças entre as bancadas do Senado.

Siglas tradicionais, como o PSDB, presenciaram uma redução na sua influência política, enquanto outras, como o PSD e Podemos, saíram fortalecidas da dança das cadeiras.

As trocas partidárias envolvem tanto figuras tradicionais, como o ex-presidente Fernando Collor (AL), como os estreantes Jorge Kajuru (GO) e o Capitão Styvenson (RN).

Segundo o Estadão, com as mudanças, cinco siglas ficaram sem nenhum representante no Senado: PTC, PRP, PHS, PTB e Solidariedade.

Em outubro, o Senado renovou 2/3 de seu plenário – 54 parlamentares foram eleitos. Foi a maior renovação desde o fim da ditadura militar, com a entrada de 46 novos senadores. Dos 32 parlamentares que tentaram a reeleição, somente oito conseguiram novo mandato,

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários