- PUBLICIDADE -

Daniel Ortega descarta antecipar eleições na Nicarágua

- PUBLICIDADE -

O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, descartou neste sábado (7) uma antecipação das eleições, como querem seus opositores em manifestações celebradas há quase três meses, em meio a uma onda de violência que deixou mais de 230 mortos.

“Aqui as regras são dadas pela Constituição da República, através do povo. Não podem vir mudar as regras do dia para a noite simplesmente porque ocorreu a um grupo de golpistas”, disse Ortega a seus seguidores durante multitudinária manifestação pró-governista no oeste de Manágua.

O presidente, que não aparecia em público desde 30 de maio, assegurou que se “os golpistas” – como ele chama o movimento de oposição que exige sua saída do poder – “querem chegar ao governo, que busquem o voto do povo”.

“Veremos se o povo vai dar o povo aos golpistas que provocaram tanta destruição nestas semanas. Haverá tempo para as eleições. Tudo ao seu tempo”, disse o presidente, ao lado da esposa e vice-presidente, Rosario Murillo, do palanque na rotatória que leva o nome do falecido líder venezuelano, Hugo Chávez.

 

Com informações do Isto É
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -