- PUBLICIDADE -

Daniel Silveira e Junio Amaral na mira de Moraes

Daniel Silveira e Junio Amaral na mira de Moraes
- PUBLICIDADE -

“Com a ‘credibilidade’ que eles gozam, só vão me promover”, diz deputado Amaral.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou, nesta quarta-feira (27), que oito deputados deverão ser ouvidos no inquérito das fake news nos próximos dias.

Moraes também ordenou que as postagens nas redes sociais dos políticos citados na operação sejam preservadas.

Entre os alvos estão os deputados federais Daniel Silveira e Junio Amaral, dois apoiadores do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Em mensagens na rede social Twitter, os parlamentares teceram comentários sobre os últimos acontecimentos.

Daniel Silveira declarou:

“Policia federal na minha casa! Em colaboração com os amigos da PF digo o seguinte: ao entrarem na casa da minha mãe, peçam benção e não façam bagunça, porque o chinelo dela ainda voa. No mais, ela oferecerá um bom café com bolo. Abraços, Alexandre de Moraes!”

O cabo Junio Amaral demonstrou indignação:

“Soube pelo noticiário que eu também sou alvo desse inquérito e que serei ouvido em 10 dias. Repudio com veemência essa clara ilegalidade, mas também fico lisonjeado. Com a ‘credibilidade’ que eles gozam, só vão me promover, mais nada. Obrigado, Alexandre de Moraes. #CensuraDoSTF”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -