Danilo Gentili é condenado a indenizar deputada Maria do Rosário

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
Capa: Leticia Akemi/Gazeta do Povo

Vídeo contrário à deputada, publicado pelo humorista nas redes sociais, foi considerado abusivo pela Justiça do Brasil.

O humorista Danilo Gentili foi condenado a indenizar a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) em R$ 15 mil, por danos morais.

No entendimento do juiz Juliano da Costa Stumpf, da 12ª Vara Cível de Porto Alegre (RS), o apresentador exerceu seu direito à liberdade de expressão de forma abusiva.

A deputada processou Gentili em meados de 2017, após o humorista publicar, em suas redes sociais, um vídeo em resposta a uma notificação extrajudicial enviada pela petista.

No documento, Maria do Rosário solicitava que o humorista removesse três postagens feitas contra ela no Twitter. Nas imagens, ele aparece esfregando o papel nas partes íntimas e depois os envia de volta à parlamentar, usando linguajar pesado e irônico. A Justiça já havia determinado que o comediante retirasse os vídeos da ar.

Em sua decisão, Stumpf afirmou que a conduta de Gentili gerou agressão e humilhação à deputada, e “demonstra a prática de abuso de direito capaz de gerar danos morais e justificar a retirada dos arquivos das redes sociais”.

Na visão do juiz, a repercussão do vídeo, que teve milhares de visualizações e foi divulgado de forma voluntária pelo humorista, foi suficiente para caracterizar os danos alegados pela parlamentar.

 

Leia o restante da matéria no site da Gazeta do Povo

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.