Danilo Gentili é condenado a indenizar deputada Maria do Rosário

Capa: Leticia Akemi/Gazeta do Povo

Vídeo contrário à deputada, publicado pelo humorista nas redes sociais, foi considerado abusivo pela Justiça do Brasil.

O humorista Danilo Gentili foi condenado a indenizar a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) em R$ 15 mil, por danos morais.

No entendimento do juiz Juliano da Costa Stumpf, da 12ª Vara Cível de Porto Alegre (RS), o apresentador exerceu seu direito à liberdade de expressão de forma abusiva.

A deputada processou Gentili em meados de 2017, após o humorista publicar, em suas redes sociais, um vídeo em resposta a uma notificação extrajudicial enviada pela petista.

No documento, Maria do Rosário solicitava que o humorista removesse três postagens feitas contra ela no Twitter. Nas imagens, ele aparece esfregando o papel nas partes íntimas e depois os envia de volta à parlamentar, usando linguajar pesado e irônico. A Justiça já havia determinado que o comediante retirasse os vídeos da ar.

Em sua decisão, Stumpf afirmou que a conduta de Gentili gerou agressão e humilhação à deputada, e “demonstra a prática de abuso de direito capaz de gerar danos morais e justificar a retirada dos arquivos das redes sociais”.

Na visão do juiz, a repercussão do vídeo, que teve milhares de visualizações e foi divulgado de forma voluntária pelo humorista, foi suficiente para caracterizar os danos alegados pela parlamentar.

 

Leia o restante da matéria no site da Gazeta do Povo
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

1 Comentário

  1. Marcio Gomes disse:

    Boulos chama @jairbolsonaro de criminoso, mas foi de forma discreta, prudente, sóbria, moderada, ponderada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *