Davi Alcolumbre nega ocultação de imóveis

Idiomas:

Português   English   Español
Davi Alcolumbre nega ocultação de imóveis
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Alcolumbre divulgou na noite desta segunda-feira (25) uma nota em que nega reportagem da Folha segundo a qual ele ocultou imóveis em suas declarações de bens.


O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse ter declarado à Justiça Eleitoral “todos os bens imóveis de sua propriedade que estavam ao seu dispor” quando registrou suas candidaturas.

O parlamentar também atribuiu eventuais inconsistências à demora no registro em cartório.

A reportagem da Folha alega ter localizado “em quatro cartórios escrituras e registros atestando a aquisição de cinco terrenos [nos residenciais Lagoa e Irmãos Platon] e duas casas do fim dos anos 90 até 2015” por parte de Alcolumbre.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

Acontece que, em 2002, 2010 e 2012, por exemplo, o atual presidente do Senado declarou à Justiça Eleitoral não ter nem um centavo de patrimônio.

Abaixo você pode ler a nota divulgada pelo senador Davi Alcolumbre sobre este caso:

Leia a íntegra da nota:

“Em relação à matéria publicada no Jornal Folha de S.Paulo e reproduzida por outros meios de comunicação, o Senador Davi Alcolumbre esclarece ter declarado à Justiça Eleitoral todos os bens imóveis de sua propriedade que estavam ao seu dispor no momento do registro de todas as suas candidaturas. Eventual inconsistência das informações prestadas pelo cartório de imóveis se deu pela demora no registro das respectivas escrituras de compra e venda ou na sua assinatura, decorrente também do natural percurso do tempo exigido para o cumprimento das obrigações constantes dos contratos de promessa de compra e venda.

O senador reafirma seu compromisso em defender a transparência e se coloca à disposição para esclarecer os detalhes das transações imobiliárias questionadas, todas absolutamente compatíveis com os seus rendimentos.

Desde já ressalta que a existência dos bens imóveis em seu nome no Cartório de Registro de Imóveis e nos Cartórios de Notas da Capital do Amapá, de acesso geral, atestada por documentos dotados de fé pública obtidos pela própria reportagem, demonstra, de plano, a impossibilidade da ocultação ou omissão de bens pretendida pelo veículo de comunicação.

Assessoria de imprensa da presidência do Senado”

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...