PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Decano do STF critica inquérito das fake news

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Marco Aurélio classificou a investigação como o “inquérito do fim do mundo”.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, teceu duras críticas, nesta segunda-feira (21), ao controverso inquérito das fake news, cujo relator é o colega Alexandre de Moraes.

Questionado sobre o assunto em entrevista ao programa “Roda Viva“, da TV Cultura, Mello alegou que não foi legal a forma como as investigações foram abertas:

“Não concebo a própria vítima provocando a instauração do inquérito. E foi o que ocorreu. O presidente do Supremo na época, o Dias Toffoli, não só instaurou sem a provocação da polícia e do estado acusador, como também escolheu a dedo quem seria o relator.”

Mello também questionou os resultados da denúncia, afirmando que, após dois anos de inquérito, as investigações ainda estão incertas.

Com base nestes argumentos, o decano do STF, que deixará o cargo nos próximos dias, classificou a investigação como o “inquérito do fim do mundo”.

Confira o trecho da entrevista.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.