- PUBLICIDADE -

Decisão do STJ que tirou Coutinho da prisão é ilegal, diz PGR

Decisão do STJ que tirou Coutinho da prisao e ilegal diz PGR
Imagem: Arquivo/CORREIO
- PUBLICIDADE -

PGR disse que a soltura de Coutinho “gerou no meio social a dúvida sobre qual a ordem que vigora no Estado da Paraíba”.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) classificou de ilegal a decisão liminar do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Napoleão Nunes Maia, que tirou da prisão Ricardo Coutinho, ex-governador da Paraíba

Coutinho é apontado pela Polícia Federal (PF) como líder de uma suposta organização criminosa investigada na Operação Calvário.

Em pareceres enviados ao Supremo Tribunal Federal (STF), a PGR também se manifestou contra pedidos de liberdade de outros investigados.

O Ministério Público Federal (MPF) afirma que a cautelar do ministro Napoleão “pôs em risco a ordem pública na medida em que permitiu que a organização continue atuando”, informa O Antagonista.

O documento diz ainda que o “grupo criminoso comandado por Ricardo Coutinho continua agindo no governo de João Azevêdo, que assumiu em 2019, por meio da indicação dos seus agentes para compor a cúpula da nova administração”.

A manifestação acrescenta que a posição do contrariou a posição da relatora, Laurita Vaz, manifestada em relação a outros investigados.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -